Empresa Negativada: Como limpar o nome em 5 passos?

Equipe BDMGEquipe BDMG - 29 de Outubro de 2020.

Todas as categorias de negócios foram fortemente impactadas pela COVID-19, o número de clientes diminuiu, bem como as vendas e as empresas enfrentam desequilíbrios financeiros. Com a retomada da economia, é importante analisar se há alguma pendência para remover quaisquer restrições e evitar a negativação

A sua empresa está negativada? Confira aqui um passo a passo para limpar o nome de sua empresa. Boa leitura!

Passo 1: Faça o levantamento das pendências

Antes de retomar as negociações e solicitar crédito financeiro, é recomendável fazer o levantamento das contas e uma análise detalhada dos valores que estão em aberto e dos que devem ser pagos com prioridade. Dessa forma, você consegue visualizar a real situação de sua empresa e pode seguir com a reorganização das finanças.

Neste passo também é importante fazer uma verificação junto ao  Serasa, SPC e Boa Vista SCPC, com o objetivo de verificar quais são as dívidas negativadas e tê-las em mente durante as próximas tarefas.

Passo 2:  Organize e Categorize as dívidas 

Separe as dívidas em três categorias: vencidas, negativadas e a vencer. Para as dívidas vencidas, tente negociar com os fornecedores e instituições financeiras. Confira aqui nossas dicas para conduzir esta negociação. 

Aplique a mesma metodologia para as contas a vencer. Ressalte junto aos credores como a sua empresa foi afetada pela pandemia, assegurando não ter a intenção de ficar inadimplente. Assim, podem chegar a uma acordo para renegociação de prazo ou mesmo obter um maior parcelamento para finalizar o pagamento da sua dívida. 

Também entre em contato com as empresas que negativaram seu CNPJ, apresentando a situação atual da empresa. Peça uma proposta para renegociar e quitar  as dívidas, verificando ainda as opções disponíveis para parcelamento. 

Passo 3:  Analise outras fontes de recursos disponíveis 

Mesmo com sua empresa negativada, consulte se há alguma linha de crédito disponível para a sua empresa. Verifique também a estrutura da sua empresa. Caso haja algum maquinário que possa vender sem afetar a operação do negócio, por exemplo, já é uma fonte de recursos para que não fique mais com o nome sujo.

Passo 4:  Parcele ou Pague à vista sempre que possível 

Depois de renegociar as dívidas e limpar o nome da sua empresa, identifique quais as necessidades de curto ou médio prazo para pleitear o capital de giro necessário junto ao BDMG.

Avalie bem as taxas e condições para identificar qual linha de crédito é mais indicada para a sua empresa. É importante analisar todos os fatores que envolvem a solicitação de um novo empréstimo para evitar outras dívidas mais adiante. 

Caso não haja a possibilidade de obter um novo empréstimo, volte para a sua empresa e veja quais cortes podem ser feitos para garantir o pagamento das dívidas atuais e a sobrevivência do negócio no mercado. 

Passo 5:  Pense e aja visando o futuro do negócio 

Aproveite a retomada gradual da economia e as próximas datas comerciais para gerar novos negócios e captar mais clientes. Sabe aqueles itens parados no estoque? Agora é a hora de fazer uma promoção para aumentar as vendas e ter dinheiro em caixa.

Para as próximas compras de matéria-prima ou de produtos para a sua empresa, faça um levantamento prévio com o objetivo de entender a real necessidade de aquisição. Além disso, planeje as próximas ações para médio e longo prazo. Veja aqui este outro artigo com mais dicas para você e o seu negócio.

Nova call to action

 

Já fez uma simulação de empréstimo?

Assine a Newsletter.

Posts relacionados

Comentários