Gestão de energia: como realizar e evitar impactos nos preços da sua empresa

Equipe BDMGEquipe BDMG - 13 de Outubro de 2021.

Em setembro deste ano, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou um aumento de 49,6% por KWh consumido, representando um aumento de quase 7% nas contas de energia em todo o Brasil. O que representa uma despesa extra para as casas dos brasileiros, simboliza um ponto de alerta ainda maior para os empreendedores que lidam com estabelecimentos maiores, com maior consumo, demanda e gasto de energia. 

Espaços de trabalho como lojas, restaurantes e fábricas, onde trabalham mais pessoas, possuem um desafio maior na gestão eficiente de energia, uma vez que esse é um insumo indispensável para sua operação, seja na climatização do ambiente ou na própria produção. Então nesse momento, muitos empreendedores se perguntam:

Como não deixar o meu gasto com energia afetar o preço do meu serviço? 

Uma coisa é certa, como empreendedor, não busque a solução mais simples. Avalie com bastante critério se os seus clientes aceitam um repasse de custos com um consequente aumento nos preços dos seus produtos ou serviços. Em muitos casos, o repasse sem o devido cuidado pode custar clientes e consequentemente uma perda ainda maior no faturamento.  Nessa circunstância específica da energia há outras saídas. 

Gestão de energia: como realizar e evitar impactos nos preços da sua empresa

A primeira delas é a gestão de energia, você sabe como fazer? Basicamente é controlar e ter consciência dessa parte da sua empresa. Se a sua energia é por demanda, você consome toda a energia solicitada? Se não é por demanda, existe algum corte que possa ser feito sem diminuir o bem estar do cliente e funcionário? 

Ter esse controle e fazer essa gestão pode te ajudar a diminuir custos e impedir que os preços dos seus produtos e serviços subam e afetem as vendas. 

Opções Alternativas

Existe também uma alternativa muito implementada por empresas que é a migração para o Mercado Livre de Energia. Onde você tem liberdade para fazer escolhas e pode negociar preços, contratando, através de negociação, solicitações de energia que supram a sua demanda específica. Mas não se engane, apenas a migração para o mercado livre de energia não garante 100% de economia, é preciso fazer a gestão da energia, o controle da sua demanda, dos preços no mercado e principalmente dos contratos vigentes. 

Uma outra alternativa é optar por projetos de energia sustentável que sejam uma fonte alternativa de produção de energia. Mesmo que no começo essa alternativa não supra toda a demanda de energia, pode aliviar o gasto com as contas, ser uma boa iniciativa para o planeta e ainda um investimento para o longo prazo. Energias renováveis são tendência em investimento e apostar nisso pode ser uma excelente opção para o bolso.

Gestão de energia: como realizar e evitar impactos nos preços da sua empresa

O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais tem linhas de crédito exclusivas para você que tem um projeto sustentável ou pretende implementar um no seu negócio. São 3 linhas de crédito diferentes que incentivam a sustentabilidade e fomentam o desenvolvimento do seu negócio. 

 

Entenda mais clicando no link abaixo e seja um incentivador da sustentabilidade! 

Quero Saber Mais!


bdmg-pronampe-reta-final-desktop






Já fez uma simulação de empréstimo?

Assine a Newsletter.

Posts relacionados

Comentários