Saiba o que analisar antes de comprar equipamentos

Equipe BDMGEquipe BDMG - 12 de Fevereiro de 2020.

A gestão de compras de equipamentos, ao contrário do que muitos pensam, não é uma tarefa simples e rápida. Ela exige diversos cuidados, a fim de garantir a aquisição de um bom produto e, ao mesmo tempo, evitar que a empresa saia no prejuízo.

O preço dos suprimentos deixou de ser o único fator a ser levado em consideração na compra de equipamento. Agora, é preciso avaliar a economia como um todo; ou seja, identificar, em longo prazo, se ela vai suprir as necessidades do negócio - sem que isso envolva novos investimentos.

Neste artigo, você vai entender porque é tão importante uma boa gestão de compras de equipamentos. Conhecerá, ainda, os quesitos que devem ser estudados antes de qualquer aquisição.

Boa leitura!

Qual a importância de realizar uma gestão de compras de equipamentos adequada?

Toda compra impacta de alguma forma no faturamento. Ao realizar uma gestão adequada, é possível determinar se o investimento será positivo ou não para a empresa antes mesmo de fechar negócio.

Quem realiza uma boa gestão de compra de equipamentos consegue responder questões como:

  • Esse equipamento é mais barato do que o da concorrência?
  • O produto é de qualidade e supre as necessidades da empresa?
  • O equipamento precisa de manutenção constante, gerando custos ao longo do seu uso?
  • Ele acarreta, mesmo que indiretamente, em novas vendas?

Essas são somente algumas perguntas que precisam ser solucionadas ao comprar um equipamento para a sua empresa. No caso de ser uma revenda, quando os equipamentos serão repassados posteriormente ao cliente, há outros fatores que precisam ser levados em conta.

É necessário verificar se já não há uma quantidade suficiente no estoque e se o produto tem saída, por exemplo. Isso porque um produto estagnado significa dinheiro parado e, portanto, redução no capital de giro. Também é importante ficar atento à manutenção, caso seja necessária alguma inspeção durante o tempo de armazenamento na sua empresa. 

Logo, todo esse trabalho deve ser realizado com cautela e organização. Afinal, a gestão de compras de equipamentos tem como missão garantir que qualquer investimento realizado pela empresa ofereça benefícios para o trabalho em si, sem que prejudicar os resultados financeiros – seja antes, durante ou após o seu uso.

O que é preciso analisar antes da compra de equipamentos?

Além do preço dos equipamentos, é fundamental analisar outros quesitos antes da aquisição. Veja quais são eles:

Custo de manutenção e implementação

Além do custo de aquisição de um equipamento, você deve considerar o que precisa ser gasto para mantê-lo em um bom estado.

É importante avaliar o que deve ser feito ou melhorado para garantir a implementação do produto. Caso seja um equipamento de impressão gráfica, por exemplo, verifique se há a necessidade de realizar obras no espaço para que ele seja disposto e se há pontos de energia próximos para ligá-lo.

Não podemos esquecer também do custo de manutenção. Será essencial ter pessoas qualificadas para utilizá-lo, bem como as peças necessárias para o seu funcionamento, principalmente em caso de reposição.

Todos esses custos devem ser avaliados com cautela pelos profissionais responsáveis.

Demanda de venda

Caso a empresa faça a compra de equipamentos porque eles são o produto final do negócio, outros cuidados devem ser acrescentados antes de bater o martelo.

É essencial identificar a demanda do mercado e se o produto obtido tem potencial de vendas. Aqui, a gestão de estoque é um fator-chave, pois permite fazer o balanço da quantidade de equipamentos que já foram vendidos até então e se vale a pena investir novamente neles.

Os responsáveis devem verificar o potencial que esse investimento pode trazer para o negócio, seja de elevar o faturamento ou aumentar o ticket médio.  

Análise dos fornecedores

O sucesso de uma gestão de compras de equipamentos depende muito das parcerias realizadas. Ter os fornecedores certos é importante, pois além da garantia de estar fechando o melhor negócio, você sabe que terá com quem contar quando for necessário.

Logo, é fundamental analisar os fornecedores com calma. Verifique a idoneidade da empresa, seja pesquisando sobre o seu CNPJ ou através de comentários de clientes nas suas redes sociais.

Ao receber a proposta, procure maneiras de negociar. É possível pedir descontos para pagamentos à vista ou solicitar mais flexibilidade nas parcelas.

É essencial, ainda, avaliar a sua capacidade de entrega. Ou seja, se a empresa fornecedora pode cumprir os prazos à risca. Isso é importante para garantir que a sua loja não ficará sem o equipamento, seja ele para uso interno ou revenda.

Questione o fornecedor em relação a assistência técnica que oferece. Imprevistos ocorrem e é primordial ter a garantia de que você não ficará na mão.

Capital de giro do negócio

Outro quesito que deve ser avaliado antes de realizar a compra de equipamentos diz respeito ao capital de giro. A sua empresa conta com dinheiro suficiente em caixa para a aquisição, sem que isso prejudique os demais processos?

Caso ela não possua, uma alternativa é pedir crédito junto a um banco que ofereça as melhores condições para o seu negócio.

O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) tem como missão desenvolver o comércio do estado. Para isso, conta com linhas de crédito e condições especiais para ajudar o comerciante mineiro a obter sucesso na sua empreitada.

Acesse o site da BDMG agora mesmo e faça uma simulação! É rápido, prático e sem compromisso.

Já fez uma simulação de empréstimo?

Assine a Newsletter.

Posts relacionados

Comentários