4 dicas essenciais para impulsionar as vendas neste fim de ano

Equipe BDMGEquipe BDMG - 11 de Dezembro de 2018.

O fim de ano é um dos melhores momentos para as vendas no comércio brasileiro, especialmente com a chegada do Natal e Réveillon. Por isso, todo empreendedor precisa estar preparado para aproveitar essas datas que aquecem o mercado, pois elas geram grandes oportunidades para aumentar o capital de giro, os lucros e conquistar novos clientes para o seu negócio.

Segundo dados da pesquisa feita pela Serasa Experian, em 2017 as vendas do comércio no período de festas de fim de ano subiram cerca de 5,6% em relação ao mesmo período de 2016 e, com isso, foi possível reverter três anos consecutivos de queda e obter o melhor desempenho das vendas no comércio desde 2011.

Se você é um empreendedor, sabe que planejar as vendas nessa temporada significa definir objetivos claros e estratégias para alcançá-los. Vender é mais do que apresentar produtos ao cliente ou tirar pedidos. Hoje, as empresas precisam ter estratégias comerciais muito bem planejadas, pois a área comercial é responsável pela maior parte dos lucros do negócio.

Pode parecer simples, mas antes de colocar as metas nas alturas, é importante, primeiramente, entender e avaliar a situação atual do negócio. Veja algumas dicas para você realizar o planejamento de vendas da sua empresa e aproveitar essas datas importantes de fim de ano:

1. Estude o histórico de vendas da sua empresa:

A primeira dica para traçar um plano de vendas é levantar os dados e entender o que já foi feito pela sua equipe. Analisar o desempenho de vendas do seu produto e o histórico de consumo é fundamental nessa etapa do planejamento.

É necessário que você pesquise sobre o comportamento do seu público em relação à compra do seu produto na data específica de fim de ano.

Muitas vezes, seu produto ou serviço pode demandar um estudo e consideração maior por parte do cliente até o momento de fechamento da compra. Por exemplo, as pessoas costumam demorar mais tempo para escolher qual computador comprar para realizar seus trabalhos, pois existem diversos aspectos a serem considerados, como a velocidade, a qualidade, a marca, o preço etc.

Para isso, faça uma análise sobre como foram as vendas no último fim de ano: o quanto foi vendido e quais produtos tiveram o maior e menor índice de vendas.
Sua análise precisa estar baseada em dados e não simplesmente na intuição.

2. Avalie seu estoque:

O estoque é um ponto fundamental para não perder dinheiro, pois você precisa saber quais e quantos itens comprar para atender a demanda que o período promete — para não errar, use o histórico de vendas do tópico anterior como parâmetro.

Faça uma relação de todos os itens da sua empresa e crie uma estratégia para melhorar os resultados e vendas dos produtos: você pode optar por criar uma promoção para os produtos que têm maior rotatividade e aceitação por parte dos seus clientes, por exemplo.

Também é importante negociar preços e prazos de pagamento com o fornecedor para aumentar a margem de lucro da sua empresa. Se o seu produto é criado por você mesmo ou pela sua equipe, leve em consideração o aumento da demanda nessa época.

Já falamos aqui em nosso blog sobre como se preparar para investir e ampliar seu estoque. Clique aqui e saiba a importância do estoque para a gestão da sua empresa!

3. Atraia e proporcione uma boa experiência de compra para os clientes:

Explore novas abordagens para atrair novos clientes.

Do visual do seu ponto de venda até os conteúdos sobre o seu produto no site da empresa, tudo deve ser pensado para atrair os clientes nessa temporada de fim de ano.

É interessante que você invista em ações de marketing que possam gerar maior reconhecimento e alcance da sua marca e dos seus produtos. Por exemplo, você pode utilizar a internet e patrocinar os posts nas mídias sociais da sua empresa. Com uma segmentação de público eficaz, essa se torna uma ação de baixo custo e com alto impacto.

Além disso, é indispensável que você agregue valor ao seu produto. Hoje em dia, o preço é um fator dominante no momento em que um cliente opta por determinado produto ou serviço. Porém, agregar valor significa gerar um boa experiência de compra para seu cliente. Essa experiência influencia o comportamento do cliente e constrói relações que impulsionam sua lealdade e fidelização.

Em outras palavras: quando o cliente tem uma boa experiência, além de realizar a compra, ele recomenda sua empresa para outras pessoas. Por isso, é importante você colocar em prática a próxima dica.

4. Invista no atendimento personalizado

Antes de qualquer coisa, o atendimento é a regra número um para agradar os clientes. Logo, capacite sua equipe e mantenha um bom relacionamento com seus potenciais e atuais clientes.

Investir no atendimento ao cliente é uma estratégia que garante bons resultados o ano todo, e não apenas neste final de ano. Por isso, vale a pena capacitar sua equipe para que todos saibam as principais informações sobre os produtos e serviços ofertados.

Ao criar empatia e descobrir exatamente o que o cliente procura, é possível oferecer outros produtos complementares, aumentando assim o ticket médio de compra — algo importante para sua estratégia de vendas.

Nenhuma estratégia pode fazer tanta diferença no resultado final do caixa da empresa do que ter um atendimento que represente o nível de qualidade e atenção da sua empresa.

Essas 4 dicas são fatores primordiais para aproveitar e impulsionar as vendas da sua empresa de forma planejada. Se precisar de um reforço no caixa para investir em ações estratégicas, saiba que pode contar com o BDMG como uma opção. Faça uma simulação:

Nova call to action

Assine a Newsletter.

Posts relacionados

Comentários