Marketing em redes sociais para pequenas empresas: como começar?

Equipe BDMGEquipe BDMG - 12 de Julho de 2019.

Hoje em dia, as redes sociais são um dos principais canais de comunicação no mundo online. Elas são uma das ferramentas fundamentais para pequenas empresas que desejam ter presença digital e que gere resultados reais para o negócio.

Presença digital é a forma como sua empresa se apresenta em uma plataforma digital, expondo sua marca direta ou indiretamente, por meio de um website, de canais em redes sociais próprios ou de terceiros, de aplicativos, blogs etc. Em resumo, é como sua empresa é vista e percebida pelos seus clientes na internet.

Segundo a pesquisa Tendências para Mídias Sociais em 2019, elaborada pela Kantar Ibope Media, 40% da população mundial utiliza mídias sociais. Os relatórios da indústria afirmam que as pessoas gastam em médias duas horas por dia compartilhando, curtindo ou tuitando em suas redes sociais.

Esses ambientes digitais são plataformas bem dinâmicas e, por isso, sua importância pode crescer ou diminuir de forma rápida e de acordo com os hábitos de consumo dos usuários.

Importância das redes sociais para pequenas empresas

Selecionar as redes sociais mais adequadas ao público-alvo da sua empresa é um desafio que exige cada dia mais precisão, análise de dados e entendimento dos anseios de quem está do outro lado das telas dos computadores.

Diante disso, como sua empresa pode se preparar para se inserir nesse cenário digital?

Não basta apenas ir na rede social — como Facebook, Instagram, LinkedIn ou Twitter — fazer umas publicações e colocar umas fotos com frases legais para ter vários fãs para sua marca e muito sucesso.

Administrar uma rede social necessita de um pouco mais de cuidado, pois é preciso que você produza conteúdos relevantes que impactem de forma positiva as pessoas, gerando engajamento com sua marca.

Como criar uma estratégia de marketing para as redes sociais?

  • Planejamento inicial:

A nossa primeira dica para quem deseja saber como criar uma estratégia de marketing nas redes sociais é elaborar um planejamento inicial.

Criar perfis ou páginas e publicar aleatoriamente nesses perfis não trará um resultado eficaz e satisfatório para o crescimento do seu pequeno negócio, por isso, é necessário ter um planejamento estratégico que servirá como diretriz para as ações que você irá realizar na rede social.

  • Definição dos objetivos em cada canal:

A segunda dica envolve a definição de objetivos claros para a atuação nas diversas mídias sociais disponíveis. Geralmente os objetivos mais comuns são:

- Exposição e alcance da marca: quando a empresa busca ser cada vez mais conhecida pelas pessoas, criando um primeiro ponto de contato com o público-alvo que se deseja atingir.

- Geração de tráfego: fazer com que a marca gere tráfego para qualificado para o site ou uma página específica visando aumentar a atividade e oportunidades de conversão.

- Geração de leads: criação de interesse pelos produtos ou serviços da marca por meio de ações de marketing digital.

- Vendas: é o objetivo final de boa parte das empresas nas redes sociais e, basicamente, são ações que visam exclusivamente a venda de algum tipo de produto ou serviço, no ambiente online ou físico.

  • Delimitação do público-alvo:

A definição e entendimento claros do público-alvo é fundamental em uma estratégia de marketing nas redes sociais de uma pequena empresa, pois é ele quem dita o tom e o tipo de conteúdo que será veiculado, datas e horários de publicações e, também, a configuração em filtros de segmentação quando você desejar criar algum anúncio pago ou patrocinar algum conteúdo nas mídias sociais.

  • Canais que serão utilizados:

Atuar em todas as redes sociais mais populares do Brasil, como blogs, Facebook, Instagram, Pinterest, Twitter, LinkedIn e, até mesmo, WhatsApp e tentar criar uma presença em todas elas, acreditando que assim você conseguirá maior exposição, pode ser uma estratégia equivocada.

Isso porque se o seu público não está preferencialmente nessas redes, manter uma presença ativa nesses canais será um desperdício de tempo e recursos. Por essa razão, é preciso saber em quais delas vale realmente a pena investir, uma vez que cada rede social possui características e um público próprio.

Neste link, você tem acesso a um conteúdo completo sobre as particularidades das principais redes sociais atualmente - Instagram, Facebook, LinkedIn e Twitter.

Veja alguns exemplos de como as empresas podem estar presentes nas redes sociais:

- Se você é um artesão ou artesã, tem uma empresa de roupas ou de bijuterias, o Pinterest e o Instagram (focados em fotografias) são boas redes sociais para atuar;

- Se a sua empresa é uma startup, o Twitter pode ser uma boa rede para estar presente;

- Se você é um produtor de mel, porque não fazer vídeos com receitas com mel como ingrediente e colocar no YouTube?

- Se você tem uma lanchonete perto de um colégio ou de uma faculdade e percebe que seus clientes usam o SnapChat e Instagram, você já tem a resposta de onde sua empresa deve estar.

  • Desenvolvimento de conteúdos relevantes:

Após entender o propósito de cada rede social e o comportamento do seu público-alvo em cada uma delas, concentre seus esforços compartilhando conteúdo de qualidade para criar um relacionamento, atrair e engajar as pessoas com a sua marca.

Cada rede social tem um formato de conteúdo que engaja mais. Postar conteúdos únicos e exclusivos em plataformas diferentes garante que seu conteúdo seja entregue da melhor maneira possível para seus seguidores.

Utilize imagens, vídeos, podcasts e quaisquer outros formatos que façam sentido para seu público e as redes sociais que você utiliza. Por exemplo, se você tem uma loja de roupas, porque não dar dicas de como combinar cores e quais são as últimas tendências? Essa é uma boa oportunidade para mostrar os seus produtos.

É essencial criar um cronograma em formato de calendário e programar todos estilos de conteúdo que você publicará em cada rede social e as melhores datas e horários. Assim, você consegue ter um acompanhamento completo sobre sua atuação nas mídias sociais.

  • Monitoramento das métricas e retorno do investimento:

Teste e avalie sua estratégia.

Analise os dados e observe se você conseguiu atingir os objetivos listados para cada rede social, por exemplo, número de cliques nos links das postagens e quantidade de pessoas que se converteram em clientes para o seu negócio através de determinado canal.

Após isso, realize os ajustes necessários com base nos resultados para melhorar o desempenho cada vez mais. Porém, não se esqueça que o esforço de manter sua empresa nas redes sociais só fará sentido se você tiver retorno nesse investimento.

As redes sociais oferecem muitas possibilidades, mas é necessário que você fique atento sempre a estratégia definida inicialmente.

Para gerar mais oportunidades de negócio e alavancar o crescimento da sua empresa, saiba como solicitar crédito de forma consciente:

Nova call to action

Assine a Newsletter.

Posts relacionados

Comentários