Feriados prolongados: prepare-se para faturar mais com o turismo em 2020

Equipe BDMGEquipe BDMG - 7 de Fevereiro de 2020.

Entra ano, sai ano e a maioria das pessoas faz a mesma coisa quando chega um novo calendário: olhar quais são os feriados prolongados. Neste quesito, 2020 veio preparado São nada menos do que nove “feriadões” nacionais.

Para muita gente, essas datas são momentos de descanso, contudo, para o setor do turismo, feriado é sinônimo de trabalho e oportunidade de novos negócios. E em Minas Gerais, o turismo é um mercado que movimenta uma boa quantia e atrai bastante gente de todo o Brasil.

Segundo o Observatório do Turismo de Minas Gerais, em 2018, 27,4 milhões de turistas passaram pelas cidades mineiras, contribuindo para uma receita de 18,2 bilhões de reais.

Esses dados demonstram que o potencial turístico do Estado é grande o suficiente para gerar bons resultados não só para o setor hoteleiro, como também para outros os empreendimentos com atividades relacionadas: restaurantes, agências de viagem, parques temáticos, transporte, entre outros..

Tendo em vista que há potencial e que o calendário vai contribuir bastante neste ano, separamos abaixo algumas informações para você, empreendedor mineiro, gerar novos negócios!

Como preparar minha empresa para os feriados prolongados?

O movimento das cidades cresce e, com isso, se amplia o consumo. Uma empresa preparada para suportar o fluxo turístico deve analisar a atual situação de sua infraestrutura e dos processos adotados. Em seguida, verificar que tipo de melhoria deve ser feita para aprimorar o atendimento ao cliente turista.

Veja algumas sugestões para deixar sua empresa preparada para o movimento dos feriados prolongados:

  1. Dimensionar o estoque e fazer reposições estratégicas antes dos feriados;
  2. Realizar reformas e ampliações estruturais para tornar seu estabelecimento mais adequado para a quantidade de pessoas que a sua cidade recebe;
  3. Contratar mão de obra pontual para não sobrecarregar sua equipe;
  4. Investir em divulgação por meio da internet para captar o interesse dos turistas, antes mesmo de sua chegada;
  5. Firmar parcerias com outras empresas locais para criar pacotes de serviços;
  6. Ampliar ou diversificar seu portfólio de produtos/serviços, visando acompanhar as principais tendências e exigências do mercado.

A preparação é o melhor caminho para obter bons resultados. Improvisar melhorias em cima da hora pode gerar imprevistos, trazendo mais dores de cabeça do que resultados positivos.

Realizar essas melhorias não é algo tão simples, especialmente, por envolver a necessidade de capital de giro para manter a empresa em operação e investir em aprimoramento.

Como obter crédito para investir em melhorias?

Cada empreendedor pode escolher entre as diversas modalidades de financiamento, seja pessoa física ou jurídica. Mas o BDMG oferece um caminho simples, descomplicado e vantajoso.

O banco oferece uma linha de crédito focada no setor do turismo, a Fungetur. Com a solicitação do financiamento, os empreendedores podem usar suas reservas estratégicas para melhorias estruturais em seus estabelecimentos, tais como:

  • Reabastecer o estoque;
  • Ampliar a compra de mercadorias em momentos estratégicos, como os feriados prolongados;
  • Efetuar o pagamento de salários para funcionários;
  • Quitar dívidas;
  • Organizar seu fluxo de caixa.

O BDMG atua como um parceiro do turismo nas Minas Gerais, sendo um viabilizador dos sonhos de muitos empreendedores, que desejam melhorar seus resultados com as oportunidades geradas pelos feriados prolongados.

Como saber se a minha empresa é elegível para o Fungetur?

Ao pensar no setor do turismo, muitos empreendedores se limitam às referências mais óbvias, como hotéis, resorts, pousadas e hostels. Mas a área de atuação é bem mais ampla!

Sendo assim, veja algumas atividades que são englobadas pelo setor turístico e que, por consequência, podem contar com a linha de crédito para capital de giro do BDMG.

  • Parques temáticos;
  • Parques aquáticos;
  • Bares;
  • Restaurantes;
  • Empresas organizadoras de eventos;
  • Empresas de transporte com finalidade turística;
  • Locadoras de carros;
  • Agências de viagens;
  • Centros de convenções;
  • Empreendimentos com foco em entretenimento e lazer;
  • Empreendimentos hoteleiros.

Apenas um detalhe importante: o Fungetur é voltado para micro e pequenos empresas, cujo faturamento anual não ultrapassou 4,8 milhões de reais no último ano fiscal. 

Cadastur: um importante passo para o crescimento da sua empresa no setor do turismo

Para se alinhar ainda mais com o segmento do turismo, é interessante que a sua empresa tenha o Cadastur. Este é um sistema de cadastro de prestadores de serviços e executado pelo Ministério do Turismo, em parceria com os órgãos oficiais de turismo em todo o Brasil.

O principal objetivo é reunir todos os empreendimentos que estão atuando de forma legal e que se encaixam dentro do setor.  O cadastro é simples e rápido e pode ser realizado totalmente on-line no website: cadastur.turismo.gov.br

Gostou das dicas? Aproveite as oportunidades que surgem com os feriados prolongados e prepare a sua empresa. E, claro, conte sempre com o BDMG para otimizar o capital de giro e aumentar faturamento do seu negócio!

 

Case Hotel HZ

 

Já fez uma simulação de empréstimo?

Assine a Newsletter.

Posts relacionados

Comentários