Entenda como calcular o lucro da sua empresa

Equipe BDMGEquipe BDMG - 30 de Maio de 2018.

Depois de três anos de resultados negativos, finalmente o PIB de Minas Gerais registrou um crescimento de 0,6%, com melhorias principalmente no comércio (2,5% de alta) e serviços (1,3%) segundo a Fundação João Pinheiro. Isso significa que muitos negócios mineiros tiveram a oportunidade de lucrar em 2017, o que nem sempre é um conceito que muitos empreendedores compreendem logo de cara. Primeiro é preciso saber como calcular o lucro de uma empresa e depois entender seus diferentes tipos.

Qual o conceito de lucro?

Ninguém abre uma empresa para que ela “se pague”, ou seja, que os custos sempre sejam iguais às receitas. Um empreendedor busca o lucro, aquele excedente dessa conta que permite não só o sustento dele, mas investimento para ampliar e desenvolver seu negócio.

Para ser mais direto: pensando na empresa, seu lucro é igual a receita total da empresa menos todos os custos.

Parece bem simples entender o conceito e que ele é um dos grandes objetivos de um negócio: conquistar esse dinheiro excedente para manter o negócio e ainda investir em novas estratégias e ações.

Entender o lucro, porém, é entender que para chegar a ele você precisa avaliar:

- Custos na produção do seu produto ou para realização do seu serviço, assim como matérias-primas para os dois casos;

- Margem de lucro que você poderá acrescentar sem que seus clientes desistam de comercializar com sua empresa;

- Gastos com pessoal, divulgação e outros fatores que determinarão a venda do seu serviço e produto.

A todo momento, uma empresa precisa revisar essas variáveis e avaliar o seu lucro para saber se ela está realmente no caminho do crescimento ou precisa de algum ajuste.

Como calcular o lucro?

Dentro desse conceito, é possível calcular dois tipos de lucro, o bruto e o líquido:

Lucro bruto: é a receita total da empresa com a venda dos seus produtos e serviços menos os custos variáveis que estão envolvidos com esse produto ou serviço (matéria-prima, comissão dos vendedores etc);

Lucro líquido: neste cálculo você deve levar em consideração não só os custos variáveis, mas também os fixos - aqueles resultantes do funcionamento da empresa (conta de luz, energia etc.).

Tabela_P1_13_BDMG_Cálculo_800x500

Para que esse número seja positivo e você possa montar suas estratégias visando o crescimento da sua empresa, é preciso calcular com muito cuidado o preço de venda dos seus produtos ou serviços, levando em consideração:

Tabela_P1_13_BDMG_Tópicos_110x800

Pensando nisso, calcule o preço de venda. Lembre-se que ele é uma variável relativamente fácil de mudar, assim você pode adaptá-la às necessidades do negócio. A demanda está alta e você percebe que seus clientes estão dispostos a pagar mais para conseguir seu produto?. A economia não está bem e o consumo caiu? Ajuste o valor para que sempre mantenha suas vendas de forma saudável.

Pronto para crescer ainda mais em 2018? Então não deixe de avaliar constantemente o lucro da sua empresa e o preço de venda para adaptar sua estratégia a mudanças no cenário.

Lucro é apenas um dos conceitos que todo empreendedor deve conhecer. Faça o download do nosso glossário financeiro abaixo!

ebook-glossario-financeiro

Assine a Newsletter.

Posts relacionados

Comentários