Como descobrir que tipo de promoção usar na minha empresa?

Equipe BDMGEquipe BDMG - 10 de Abril de 2019.

Nem todas as promoções são iguais perante os olhos dos clientes. Isso porque cada um deles tem uma necessidade, vontade específica e nem todas as suas ações irão atingi-los da mesma forma. Há muitos tipos de promoção para atrair clientes, que devem ser usados estrategicamente levando em consideração os objetivos da empresa e o perfil e necessidades do público-alvo.


Usar uma promoção no momento errado, com um público pouco receptivo, pode gerar mais custos do que resultados. Portanto, o primeiro passo é planejar com cuidado.


Como planejar e escolher que promoção usar?


Antes de explicarmos os tipos existentes, listamos as informações que você precisa conhecer ou definir para escolher e moldar o tipo de promoção ideal para cada situação. Esses parâmetros a seguir devem trabalhar em conjunto e não apenas separadamente.


#1 | O objetivo


Antes de escolher o tipo, saiba por que você está planejando uma promoção. Você quer aumentar as vendas em um período fraco? Acabar com as peças da coleção passada ou produtos prestes a expirar? É uma ação relacionada a um evento ou data importante para sua marca? Uma boa promoção tem mais chances de dar certo se tiver um objetivo coerente — ele também ajudará a escolher o melhor tipo.


#2 | O público


Ao construir seu relacionamento com seus clientes, aos poucos você descobrirá mais informações sobre eles e seus gostos específicos, incluindo suas opiniões em relação a promoções. Você também pode definir grupos específicos de pessoas que gostaria de atingir com suas promoções: uma para reativar clientes; outra para aqueles que só compraram uma vez; para o público feminino ou apenas para pais. Defina quem você quer atingir antes de escolher o tipo.


#3 | O valor


Aqui estamos falando do valor que você quer transmitir com a promoção. Mais do que apenas um desconto ou um brinde, ela precisa ser criativa, trazer uma mensagem, tocar as pessoas que forem atingidas por ela. O objetivo de uma das suas ações pode ser homenagear um grupo específico, como as mães; ou em outra você pode enfatizar o lançamento de um novo produto, dando um desconto maior e mostrando que você está interessado no feedback dos seus clientes.


#4 | O calendário


Promoções também devem ser programadas em relação a momentos importantes do calendário da marca: aniversário da empresa ou do cliente; datas festivas, feriados prolongados etc. Para conhecer e listar quais são as datas mais importantes para o seu negócio, baixe gratuitamente o nosso Calendário. Clique aqui e aproveite!


#5 | O prazo


O tempo de duração é muito importante para o sucesso de uma promoção. Se esse aspecto não for definido com precisão levando em consideração seu público e demanda, a empresa pode acabar com um problema nas mãos — brindes que acabam, produtos que faltam, descontos que levam ao prejuízo.


#6 | A divulgação


Por fim, promoções que não são divulgadas têm maior chance de não alcançar o objetivo definido. Os canais que você deve anunciar variam de acordo com o público, objetivo, valor, prazo e calendário também.


Quais tipos de promoção uma empresa pode usar?


Seu planejamento deve nortear sua escolha: com qual dos tipos abaixo você conseguirá atingir seu objetivo, seu público, agregar valor, levando em consideração o calendário, prazo e pensando na melhor divulgação? Pergunte-se isso antes de tomar a decisão final.


Veja alguns tipos de promoção que podem funcionar para sua empresa:


#1 | Desconto por quantidade


Esse desconto algumas vezes vem escondido pelo famoso “leve 3, pague 2”. Essa é uma ótima promoção para o varejo, para vender aquelas mercadorias que estão paradas em estoque ou próximas do vencimento.


#2 | Desconto progressivo


Esta promoção faz muito sentido para assinaturas e leva consumidores recorrentes a pagar adiantadamente por mais unidades. Por exemplo: o valor da mensalidade de um curso de línguas é R$ 300. Se o cliente fecha um plano trimestral, esse valor ganha um desconto de 10%; já o plano semestral garante 15%.


#3 | Bônus na próxima compra


Esse bônus é utilizado quando você não quer que o cliente fique inativo, mantendo a interação e procura por produtos da sua marca. Depois da primeira compra, a pessoa ganha um cupom com um desconto que pode ser usado na transação seguinte.


#4 | Venda complementar


Neste caso, a empresa oferece um desconto na compra de um produto ou serviço correlato ou complementar ao que o cliente está adquirindo. Por exemplo: um salão de beleza pode oferecer um abatimento no valor de uma escova para quem solicitar um corte de cabelo.


#5 | Brinde


Quando uma empresa oferece algum tipo de presente — geralmente físico — na compra de um produto ou serviço. Esse brinde normalmente tem a ver com a mercadoria principal e tem o objetivo de agregar valor, passando uma mensagem de que a marca se preocupa e pensa no seu cliente. Uma farmácia que, por exemplo, oferece um balde e brinquedos de praia para quem compra um kit com protetores solares específicos para crianças.


Você ainda pode mesclar esses tipos de promoções em um formato novo que se encaixe com o seu planejamento. Você pode fazer uma campanha de desconto progressivo, mas, a partir de um valor, a pessoa não ganha o desconto e sim um brinde mais elaborado; uma determinada quantidade de produtos pode gerar um desconto, mas depois disso o próximo abatimento vem na compra seguinte.


Um ingrediente muito importante para o sucesso de uma promoção é a criatividade que você coloca no planejamento e é como o desconto: quanto maior, melhor. Para ficar por dentro e aproveitar as datas mais importantes do ano no seu negócio para fazer promoções, baixe gratuitamente o nosso Calendário e planeje-se!

Nova call to action

Assine a Newsletter.

Posts relacionados

Comentários